Ford relança linha de caminhões Série F



F-350 e F-4000 em versões 4x4 e 4x4 voltam ao trabalho com preços começando em R$ 101.290

Fora de linha desde 2011, os caminhões leves Ford Série F estão de volta ao mercado brasileiro. Segundo a montadora, os veículos, que eram fabricados em São Bernardo do Campo (SP), saíram de linha por uma decisão estratégica da marca em um momento em que até lideravam o segmento. Durante esse tempo ausente, a fabricante afirma ter aproveitado o tempo para projetar a nova linha.

Clássicos veículos de serviço no Brasil, os caminhões da Série F são figuras fáceis no Brasil, onde estrearam em 1967 em diferentes configurações de implementos e dimensões. Na nova linha, a série retoma com o caminhão semi-leve F-350 e os leves F-4000 e F-4000 4x4.

Os três caminhões usam o novo motor Cummins 2.8 de 150 cv a 3.200 rpm e torque máximo de 36,7 kgfm entre 1.800 rpm e 2.700 rpm associado ao câmbio manual de 5 marchas. Comparado ao modelo anterior (no caso do F-4000), que tinha motor 3.9 turbodiesel, houve ganho de potência, mas perda de torque. O bloco da versão passada gera 120 cv e 45 kgfm.

Em contrapartida, a Ford afirma que a nova motorização é até 6% mais eficiente e consumo e os caminhões podem levar mais carga. Conforme dados da marca, o F-350 pode carregar 2.138 kg, enquanto o F-4000 leva até 3.800 kg. Com tais capacidades, a marca indica o uso dos veículos para serviços de entrega, desde hortifrútis a animais vivos, além de aplicação fora-de-estrada.

A Série F ainda tem novos recursos de série, como freios ABS e ar condicionado, além de comando eletrônico no sistema de tração do F-4000 4x4. Outra novidade é o sistema Ford Trac, de monitoramento remoto via GPS com envio de informações de telemetria, como velocidade e consumo médio do veículo. O dispositivo vem em todos os caminhões e para ativá-lo é preciso arcar com uma mensalidade que custa a partir de R$ 150,00, variando com os serviços escolhidos.

Segundo estudos da Ford no Brasil, o sistema de rastreamento de fábrica ajuda a reduzir os custos com seguro em até 40%. A marca ainda oferece um ano de garantia total para o veículo e mais um para o conjunto mecânico, além de 140 pontos de apoio pelo País.

Os preços da Série F começam em R$ 101.290 para o modelo F-350, e R$ 117.290 para o F-4000 e R$ 133.290 para o F-4000 4x4. A Ford não divulga dados sobre expectativa de venda, mas revela já ter “pré-vendido” 800 unidades em menos de um mês de divulgação.

Fonte: 
http://carros.ig.com.br/