Como carregar o caminhão corretamente



 

Na hora de carregar o caminhão para seguir viagem pelo país, os caminhoneiros devem ter uma série de cuidados para preservar o veículo. Com as orientações corretas, é possível diminuir a chance de acidentes e reduzir os custos da gestão logística.

Uma primeira dica é que a carga deverá ser colocada do eixo traseiro para frente, permitindo distribuição equitativa sobre os dois eixos. No caso de carga indivisível, é preferível que seja transportada deitada. Quando concentrada, deverá ser distribuída no espaço entre eixos do veículo, de forma tal que seu peso seja distribuído sobre os eixos, e sempre com a maior área de apoio voltada para o piso.

A carga também deverá ser distribuída por igual, ficando a parte mais pesada sempre no meio, centrando o ponto de gravidade. Nunca carregar de maneira desigual os lados da carroçaria, pois o excesso de peso exigirá maior esforço da suspensão e dos pneus, provocando condições desiguais de frenagem, derrapagem e deformações no quadro do chassi.

O motorista deve sempre lembrar também que para cada tipo de carga existe um veículo adequado. Cargas muito longas, tais como postes, tubos, toras etc. nunca deverão ser transportadas em caminhão cuja carroçaria não tenha as dimensões necessárias para tal, pois pode ocasionar má estabilidade do veículo e prováveis deformações no quadro do chassi.

Quando o motorista não segue esses cuidados, o veículo pode sofrer as consequências. A cabine, por exemplo, quando fica muito perto do solo, pelo excesso de carga, corre o risco de bater no chão ao passar por lombadas ou terrenos acidentados. A vida últil do para-choque vai diminuir e ele vai quebrar, por causa dos seguidos impactos ao longo do trajeto.

A suspensão pode quebrar e arranhar e até mesmo será necessário verificar os itens de segurança, pois a parte traseira do caminhão, elevada, pode danificar os produtos com a oscilação do veículo. Se não houver cálculos específicos para delimitar a distância de entre-eixos, as vibrações se tornarão mais fortes, e irão danificar o item em longo prazo.

Fonte: http://www.blogiveco.com.br/

 

Veja também:
15 pontos para a manutenção preventiva do seu caminhão
Dicas para estender a vida útil das peças de seu caminhão
5 dicas para caminhoneiros de primeira viagem